Ford Fusion 2017 chega às concessionárias em outubro

José Oswaldo Costa

de Salvador / BA

novo-fusion-2017-30A Ford apresentou o Fusion linha 2017 com muito destaque para as tecnologias semiautônomas voltadas, principalmente, para a segurança.

Também foram feitas algumas alterações no design. Os motores continuam sendo o 2.5 Flex e o 2.0 turbo da família Ecoboost. Mas eles passaram por mudanças que melhoraram desempenho e consumo.

novo-fusion-2017-16Com três versões, assim fica a família Fusion no Brasil: SE 2.5 Flex – R$121,50 mil; SEL 2.0 Ecoboost – R$125.50 mil; Titanium 2.0 Ecoboost – R$138 mil e Titanium 2.0 Ecoboost (Tração Integral – AWD) – R$154,50 mil.

Leia a matéria complea no DC Auto, caderno de Veículos do Diário do Comércio, nessa sexta-feira, 23 de setembro.

novo-fusion-interior-1

Fotos: Divulgação / Ford

*0 colaborador viaja a convite da Ford do Brasil

CAOA realizará, amanhã, inspeção gratuita em veículos de todas as marcas

Da Redação

Neste sábado, 17 de setembro, acontece nas concessionárias HMB CAOA o Nacional Before Service Day, evento da Hyundai Motor do Brasil (HMB) que oferece inspeção gratuita de diversos itens em veículos de todas as marcas. Em Minas Gerais, a ação ocorrerá nas concessionárias Hyundai CAOA Belo Horizonte, nos bairros Cidade Nova e São José, das 9h às 17h, e contará também com a distribuição de brindes exclusivos da marca.

A lista de itens verificados compreende inspeção da carga de bateria, desgaste do pneu, calibragem dos pneus, nível do óleo, nível do fluído de freio, nível do fluído de direção, nível do fluído do limpador, tensão e desgaste da correia, lâmpadas dianteiras e traseiras para veículos de passeio de qualquer marca, exceto motocicletas, e ainda para veículos Hyundai, verificação do manual de manutenção, GDS (Sistema de Medição Eletrônica), programação de relógio (HB20), explicação sobre o aplicativo mobile (HB20), adesivo do pedal (HB20) e borracha do limpador (HB20). A média de duração da inspeção é de 10 minutos.

Os proprietários recebem, ao final da inspeção, um check-list com o resultado completo com as peças examinadas e orientações de especialistas sobre a necessidade de manutenção. A avaliação é totalmente gratuita e válida para veículos de todas as marcas, nacionais ou importados.

Concessionárias CAOA participantes em Minas Gerais:

Hyundai CAOA HB Belo Horizonte – Av. Cristiano Machado, 2020 – Bairro Cidade Nova – Belo Horizonte (MG)

Hyundai CAOA BH Catalão – Av. Presidente Antonio Carlos, 6531 – Bairro São José – Belo Horizonte (MG)

 

Volvo apresenta o novo V90 Cross Country

Da Redação

New Volvo V90 Cross Country detail

Com o futuro lançamento do novo V90 Cross Country, a Volvo Cars completa sua linha de produtos da série 90 – formada pelo utilitário esportivo XC90, o sedã S90 e a station wagon V90 – construídos sobre a plataforma modular SPA (Scalable Product Architecture).

Os modelos Cross Country ocupam uma parcela importante no portfólio da marca sueca, na medida em que os consumidores de carros de luxo passaram a buscar um estilo baseado na experiência – e que, ocasionalmente, levam os veículos para o fora-de-estrada.

New Volvo V90 Cross Country Driving Matte

No interior, sistema de som da Bowers & Wilkins de última geração e todos os benefícios da conectividade apresentada nos novos S90 e V90.

“Nossos carros são muito conhecidos por sua segurança, força e durabilidade. Com a tração integral, o aumento da altura livre do solo e o chassi otimizado para conforto e controle em qualquer condução de clima e estrada, o novo V90 Cross Country toma a versatilidade da station wagon V90 para levar os passageiros ainda mais longe”, contou o vice-presidente sênior de Pesquisa & Desenvolvimento da Volvo Cars, Peter Mertens.

Interior

O V90 Cross Country foi submetido a testes rigorosos para garantir sua polivalência em situações extremas: das instalações secretas no norte gelado da Suécia – onde as temperaturas regularmente atingem 40ºC negativos – ao deserto escaldante do Arizona (EUA), na qual a Volvo executa seu programa de testes de alta temperatura, o modelo foi concebido para durar.

Com um dos invernos mais rigorosos do mundo e 77% do País coberto por florestas e rios, a Suécia é um local natural para desenvolver e testar de forma extrema a durabilidade e a capacidade dos veículos em qualquer condição. Esta experiência duramente conquistada representa grande parte da herança da Volvo Cars, que se reflete na linha de modelos Cross Country da marca.

A produção do novo V90 Cross Country começará em poucas semanas na fábrica de Torslanda, na Suécia. No Brasil, a marca não pretende, momentaneamente, importar o veículo.

New Volvo V90 Cross Country Driving
Fotos: Divulgação / Volvo Cars

Discovery Sport nacional já está disponível nas concessionárias

Da Redação

vic_2463-2As primeiras unidades do Land Rover Discovery Sport produzido na recém-inaugurada fábrica da Jaguar Land Rover em Itatiaia, no sul do estado do Rio de Janeiro, já estão disponíveis para venda nas concessionárias da marca em todas as regiões do Brasil.

O SUV compacto – que já se tornou o mais vendido Land Rover no Brasil, e foi o modelo importado mais vendido em agosto – é oferecido no mercado brasileiro em três diferentes versões de acabamento: SE, HSE e HSE Luxury.

O Discovery Sport traz tração nas quatro rodas e é equipado com motor 2.0 a gasolina, 240 cv de potência e sistema de transmissão de nove velocidades, com opção para trocas sequenciais no volante. O conjunto proporciona força de 340 Nm de torque entre 1.800 e 4.000 rotações.

vec_3725-2Enquanto as marchas baixas oferecem mais força, as marchas altas trazem relação mais longas, proporcionando economia de combustível e conforto, aliados a índices mínimos de ruído e trepidação dentro da cabine.

De série, além do conjunto motor e câmbio, o veículo é equipado com exclusivo sistema Terrain Response, que adapta todas as configurações de tração, aceleração e torque de acordo com o tipo de terreno em que se trafega: normal, grama/neve/cascalho, lama e sulcos, areia, além do modo Eco, que maximiza a economia de combustível.

Retrovisores elétricos, sistema de ignição stop/start, sistema de entretenimento com tela touchscreen de 8”, conexão Bluetooth com streaming de áudio, entrada USB e sete airbags, incluindo um para proteção dos joelhos do motorista também chegam em todas as versões do modelo.

Na versão HSE Luxury, o modelo ainda é equipado com faróis xenon com assinatura em LED, teto solar panorâmico, ar condicionado dual zone, bancos em couro Windsor climatizados com memória de regulagem para passageiro e motorista, sistema de áudio Meridian com 16 alto-falantes e um subwoofer, com 825W de potência, rodas em liga leve de 19 polegadas, iluminação interna configurável e duas entradas USB na segunda fileira de bancos. A versão também conta com teto panorâmico fixo.

vec_3553-2

Fotos: Divulgação / Land Rover / Victor Eleutério

Sim, nós temos autódromo em MG

Rogério Machado* (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 09/09/2016)

vei0-o-circuito-dos-cristais-em-curvelo-mg-divulgacao

Imagem: Divulgação

Minas Gerais recebeu, no último fim de semana, o seu esperado asfalto sagrado. Foi inaugurado, na cidade de Curvelo, região Central, o Circuito dos Cristais, proposta que promete atender não somente a demanda por uma pista de corridas, como, também, é um local dotado de espaços para abrigar uma série de outros esportes motorizados em uma área de 4 milhões de metros quadrados.

Para se ter ideia do tamanho, o espaço inclui uma reserva natural e um loteamento na área anexa do complexo de recreação, batizado de Clube Casa de Pista. Os proprietários, além de possuírem uma casa anexa ao conjunto de pistas, possuem acesso livre aos eventos. Todo esse plano, que se materializa rapidamente, é fruto da mente dos empresários Alfredo Rodrigues e Marco Túlio dos Santos que assumiram, respectivamente, os aspectos técnicos e financeiros deste empreendimento.

O local não poderia ser mais interessante no que diz respeito ao cenário, localizado em pleno cerrado, com visível atenção a preservação de vegetação através de uma reserva intocável e com um perfil topográfico variado. Não deixa dúvida de que o sucesso virá a passos largos. A opção por Curvelo foi motivada por uma série de fatores, entre eles a malha rodoviária que possibilita o acesso fácil a Belo Horizonte (160 Km) e ao aeroporto de Confins (144 Km). Além disso, segue a lógica do Green Field, aquele tipo de empreendimento que parte da estaca zero, sem antecedentes que possam limitar ou influenciar o novo projeto.

A oportunidade de conceber um autódromo, com esta envergadura, possibilita uma série de considerações que podem determinar o seu futuro, atraindo mais e mais realizações. Visitando o local pela primeira vez, é possível perceber a atenção dedicada aos acessos, estacionamento, áreas de circulação e comercial (equipamentos esportivos, turismo e alimentação), arquitetura dos boxes e edificações de apoio.

vei1-reta-de-chegada-com-algumas-instalacoes-concluidasEmbora ainda em fase de implantação, torna-se evidente que o planejamento não foi intuitivo e, sim, fruto da visão de quem estudou a fundo antes de enterrar ali a primeira pá. Digo isso tendo visitado autódromos americanos que me vêm a mente quando vejo o Circuito dos Cristais, entre eles Laguna Seca, em Monterey (Califórnia), e Road América, em Elkhart Lake (Wisconsin).

Estes dois circuitos mistos americanos se tornaram ícones em um país que idolatra os circuitos ovais. Ambos já completaram 60 anos de idade e tenho certeza que o circuito mineiro também fará história. Autódromos como o de Silverstone, no Reino Unido, mantém no mesmo complexo escolas de pilotagem, oficinas de preparação, concessionária de carros esportivos, lojas de acessórios de performance e, até mesmo, instalações de equipes de Fórmula 1. Nesse último caso, a Sahara Force India.

Além disso, nas cidades periféricas, em um raio de ate 60 quilômetros, estão localizadas as equipes de F-1 Williams (Wantage), Marussia (Banbury), Lotus (Enstone), Mercedes (Brackeley) e Red Bull (Milton Keynes). A concentração rendeu a região o nome de Motorsport Valley. O grande desafio aos autódromos é a sua sustentabilidade financeira. Daí muitos se tornarem empreendimentos particulares ou administrados por patrocinadores, como verdadeiras empresas, longe das mãos do Estado.

Laguna Seca é dirigida pela Mazda e o Road America é uma empresa privada. O Brasil possui 17 autódromos, 5 deles privados e 12 públicos.

vei3-acesso-aos-boxes-e-bem-dimensionado

Race Resort será a verdadeira Disneylândia da velocidade:

O Circuito dos Cristais segue uma modalidade de empreendimento chamado de Race Resort, atendendo exatamente aspectos da sustentabilidade do negócio. Ao longo de sua implantação, ele visa incorporar o condomínio residencial a sua volta, um centro hoteleiro, uma área comercial de caráter convencional e uma específica para o business das competições e eventos, reduzindo a sazonalidade da atividade.

O trajeto do novo autódromo mineiro tem a extensão de 4,4 quilômetros e é formado por onze curvas à direita e sete à esquerda, além de uma reta com quase 1 km. A pista, com largura entre 13 e 22 metros, segue as normas internacionais com uma variação de, no máximo, 1 metro de largura a cada 20 metros.

Além disso, conta com declives e aclives que atingem uma variação de trinta metros, trazendo mais prazer e tornando o percurso mais desafiador para quem pilota. Os responsáveis pela direção de algumas modalidades de competições nacionais já visitaram o Circuito dos Cristais e a aprovação foi unânime, o que favorece a inclusão de Minas no calendário da Fórmula Truck, Stock Car, Campeonato Brasileiro de Turismo, Mercedes-Benz Challenge e Fórmula 3 Brasil. Para quem quer participar, serão realizadas provas organizadas localmente. No grupo das duas rodas estarão presentes motos com 1.000cc nas categorias Superbike Pro, Superbike Stock, Superbike Master e Superbike Light.

vei4-o-cerrado-se-movimenta-com-as-motosAlém destas, serão organizadas provas para 600cc, 500cc, 300cc e Touring (com motos de rua), dando oportunidade de os pilotos elaborarem suas habilidades, subindo de categoria gradativamente. Para aqueles que preferem os carros, será possível optar pela categoria “Marcas e Pilotos”, com as graduações Super, Light e Novatos. Considerando sempre a experiência dos pilotos e a potência dos veículos.

Assim como nas motos, as categorias Touring e Touring GT possibilitarão a participação de novatos em veículos normais e superesportivos que poderão estar, até mesmo, emplacados. Outras atividades contarão com traçados específicos, com destaque para: motocross, enduro, cross-country e, até mesmo, atendendo as bicicletas na categoria mountain bike, com inúmeras possibilidades dentro da área do autódromo. A enorme opção de áreas permitirá, ainda, o encontro de antigomobilistas, corridas de automóveis e motocicletas clássicas, autoclubes e motoclubes, feira de peças e muito mais. Um centro médico e heliponto completarão as necessidades de emergência, cumprindo os padrões de segurança da atividade.

Inauguração – Para a inauguração foram organizadas provas de motovelocidade e de automobilismo. A nova pista ofereceu um desafio para todos os pilotos e cada um queria deixar seu nome registrado nesse marco zero do Circuito dos Cristais. Os carros que inauguraram a pista participaram em três categorias e, na motovelocidade, foram cinco categorias.

vei5-campeonato-de-marcas-e-pilotos

Fotos: Rogério Machado

Para criar e construir os troféus de premiação foi convidada a Cooperativa Dedo de Gente, destinada a valorizar o rico artesanato da região. Além disso, pude verificar o grande número de jovens de Curvelo que estão aprendendo e desenvolvendo funções do universo das competições, sinalizando um amplo leque de possibilidades que a atividade poderá consolidar no município. Quem sabe veremos em Curvelo o início do nosso Motorsport Valley.

*Colaborador

Triumph lança a nova Tiger Explorer XCa no mercado brasileiro

Da Redação

27-tiger-explorer-16-7

Depois de lançar no mercado nacional a nova linha Tiger Explorer, nas versões XR e XCx, agora a Triumph inicia as vendas da top de linha Tiger Explorer XCa. O modelo chega esta semana às 14 concessionárias brasileiras com preço de R$78,50 mil.

Além de todos os equipamentos que já estavam presentes no modelo XCx, a nova XCa traz também sofisticações como dois novos modelos de pilotagem (“esportivo” e “piloto”), para-brisas de viagem com ajuste elétrico (o que aumenta a segurança nas estradas), bancos do piloto e do garupa com aquecimento, pedaleiras em CNC e faróis de neblina em LED.

Uma das novidades é o controle de parada em ladeiras (Hill Hold Control System), que aumenta bastante a segurança do piloto ao parar a moto numa subida.

my16_tigerexplorer_xca__lucerne_blue-v001_1

Todos os modelos da família são equipados com o mesmo motor tricilíndrico com 1.215 cc e 12 válvulas, capaz de desenvolver 139 cv de potência (a 9.300 rpm) e 123 Nm de torque (a 6.200 rpm). Para fazer um melhor uso desta potência, a nova Tiger Explorer possui embreagem hidráulica, com discos múltiplos e auxílio de torque (slip assist), evitando a fadiga do piloto.

Os três modelos da linha possuem um câmbio especialmente desenvolvido para facilitar as viagens de longa distância, com uma relação de marchas longa, além de também proporcionar uma economia de combustível de 5% em relação ao modelo anterior.

A motocicleta apresenta um novo sistema de escape que auxilia o desempenho do motor. O conjunto do chassi inclui garfos telescópicos WP de 48 mm com retorno ajustável e amortecimento por compressão. Para maximizar o nível de controle de frenagem, toda a linha conta, na dianteira, com dois discos oscilantes de 305 mm, monobloco Brembo de quatro pistões e fixação radial e, na traseira, com um disco único de 282 mm, com pinça deslizante de dois pistões.
A nova Tiger Explorer XCa conta com o Sistema de Suspensão Semi-Ativa da Triumph (TSAS, ou Triumph Semi Active Suspension), uma tecnologia que controla ativamente as configurações da suspensão WP.

my16_tigerexplorer_xca__lucerne_blue-v001_4

O sistema TSAS se adapta continuamente aos ajustes da suspensão, conforme a pilotagem, entregando melhor controle, conforto e experiência em qualquer superfície, gerenciando ativamente as configurações de amortecimento e as definições de pré-carga para que elas respondam automaticamente à superfície da estrada, velocidade, peso do piloto, carga útil e terreno.

O piloto pode selecionar o tipo de suspensão desejado para o seu passeio. O sistema TSAS oferece ao condutor a capacidade de escolher entre road e off-road, com diferentes configurações de pré-carga e amortecimento para cada condição de pilotagem.

Adicionalmente, cada uma dessas configurações ainda possui nove diferentes etapas facilmente selecionáveis, que vão de conforto a sport. Na Tiger Explorer XCa, são cinco modos de pilotagem à disposição do piloto: estrada, chuva, off-road, esportivo e piloto.
Um novo recurso é a Unidade de Medição de Inércia (IMU, ou Inertia Measurement Unit), que faz a medição contínua do comportamento da motocicleta e de seus movimentos, de acordo com a taxa de inclinação do piloto, esterçamento e aceleração vertical, longitudinal e lateral.

Estas informações são processadas pela nova Unidade de Controle Central da Triumph Explorer (CCU, ou Chassis Control Unit), que oferece os dados relevantes ao sistema TSAS, através do qual ele otimiza continuamente as configurações de suspensão traseira. Os dados IMU são utilizados para otimização dos freios ABS e do controle de tração também em curvas, oferecendo ao piloto a melhor frenagem e controle da motocicleta em todos os ângulos. O novo modelo também oferece, de série, o recurso de otimizar o uso dos freios ABS e do controle de tração nas curvas, por meio do monitoramento do ângulo de inclinação.

my16_explorer_xca_rt_005

Fotos: Divulgação / Triumph

Recall da Harley-Davidson

Da Redação

_recall_harley_davidson_flhtk

Foto: Divulgação / Harley-Davidson

A Harley-Davidson do Brasil comunica que foram identificadas mais 115 unidades dos modelos Electra Glide Ultra Limited e Street Glide Special, anos de fabricação 2015 e 2016, modelo 2016, fabricadas no Brasil. A empresa convoca os proprietários dessas motocicletas para comparecerem a uma concessionária da marca.

A iniciativa atinge 438 unidades (contando com a quantidade envolvida no recall anterior mais as contabilizadas na expansão da campanha) em todo o território nacional. Confira tabela abaixo:

Modelos

Ano de fabricação

Ano modelo

Chassi não sequencial

FLHTK – Electra Glide® Ultra Limited

2015 e 2016

2016

9321KELJ0GD605813 à 9321KELJ9GD679361

9321KELJXGD605799 à 9321KELJXGD677831

FLHXS – Street Glide® Special

2015 e 2016

2016

9321KRMJ0GD607289 à 9321KRMJ9GD682993

9321KRMJXGD605808 à 9321KRMJXGD683005

O objetivo da expansão dessa campanha é solicitar o encaminhamento das motocicletas envolvidas à rede de concessionárias Harley-Davidson em todo Brasil, para a desmontagem do cilindro mestre da embreagem hidráulica, lavagem com solução apropriada e posterior remontagem.

Tal medida é necessária devido a uma eventual reação química indesejada dentro do cilindro mestre da embreagem hidráulica que poderá impedir o desengate do sistema de embreagem após longos períodos de inatividade. Como consequência, ainda que a embreagem seja acionada pelo condutor ao ligar a motocicleta, o sistema continuará engatado, situação que poderá ocasionar a queda do motociclista, com eventuais danos físicos e materiais, inclusive a terceiros.

As motocicletas abrangidas no recall serão inspecionadas e, caso apresentem o problema, serão imediatamente reparadas. O serviço é gratuito e tem duração estimada de 1h30. Para mais comodidade, a Harley-Davidson recomenda o agendamento prévio por meio do SAC. Para informações adicionais, basta consultar uma concessionária da marca em todo o Brasil, acessar a página eletrônica da empresa ou contatar o Serviço de Atendimento ao Consumidor.

Para certificar se o veículo deve ser direcionado a uma concessionária, a Harley-Davidson do Brasil disponibiliza informações aos clientes no site da empresa (www.harley-davidson.com.br), no SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) – 0800 724 1188, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h (exceto feriados) – ou ainda por e-mail (sac@harley-davidson.com.br).