MG é cenário para passeio de UTVs e quadriciclos

Da Redação

expedicaoDiamantina_Quadrijet_fev2018_CreditoSandersonPereira_3Minas Gerais é repleta de atrações para quem gosta do ambiente off-road. De Nova Lima a Diamantina, um passeio exclusivo para quadriciclos e UTVs percorreu 479 Km de trilhas em três dias de muita aventura.

O evento, que contou com 13 veículos Can-Am e a realização da concessionária BRP Quadrijet, ocorreu entre os dias 23 e 25 de fevereiro.

expedicaoDiamantina_Quadrijet_fev2018_CreditoSandersonPereira_2O primeiro dia teve destino a Ipoema, na região da Serra do Cipó, passando por Barão de Cocais. O grupo seguiu pelas belezas de locais como a Serra do Alves, Cabeça de Boi (no distrito de Itambé do Mato Dentro) e Morro do Pilar.

O ponto do segundo pernoite foi Conceição do Mato Dentro. Para fechar, o terceiro dia incluiu os lugarejos de Tapera, Tijucal e Milho Verde, até chegar em Diamantina.

expedicaoDiamantina_Quadrijet_fev2018_CreditoSandersonPereira_6“Foi uma expedição incrível, cheia de belezas naturais. Tivemos seis quadriciclos e sete UTVs Can-Am no evento, com toda a infraestrutura necessária para aproveitar as trilhas. O grupo foi formado por muitas famílias, casais e amigos”, contou Neander Gualberto, da Minas Adventure Tour, responsável pela organização do passeio da Quadrijet.

A concessionária BRP reserva muito mais aventuras para 2018, como mostra José Roberto Aguilar, proprietário da Quadrijet. “A gente oferece um calendário anual com diversas opções de expedições para os fãs dos quadriciclos e dos UTVs. A programação é bem movimentada e inclui passeios monitorados de no máximo quatro dias, para que todos consigam conciliar as agendas.”

expedicaoDiamantina_Quadrijet_fev2018_CreditoSandersonPereira_4

Fotos: Sanderson Pereira / Divulgação

O site oficial da concessionária BRP é www.quadrijet.com.br .

BMW lança série especial M4 Conversível 30 anos

Da Redação

P90293992_highRes_bmw-m4-convertible-3

P90293988_highRes_bmw-m4-convertible-3Há 30 anos, a BMW incluía pela primeira vez um modelo esportivo sem capota da linha M em sua gama de veículos: o BMW M3 conversível, que permitia ao motorista desfrutar ao ar livre a experiência de guiar um carro esportivo projetado para o uso diário.

Após cinco gerações, o atual sucessor BMW M4 Conversível (lançado em 2004, que marca a substituição da antiga sigla M3 Conversível) acaba de ganhar a série especial BMW M4 Conversível 30 anos, limitada a 300 unidades, que celebra essa história iniciada em 1988.

Equipado com o pacote esportivo M Competition, o esportivo de quatro lugares traz motor seis cilindros M TwinPower Turbo, com 450 cv de potência, sistema de exaustão M Performance, suspensão adaptativa M com modo Sport, controle de estabilidade DSC com diferencial Active M e transmissão de dupla embreagem de sete velocidades.

P90293994_highRes_bmw-m4-convertible-3

P90293990_highRes_bmw-m4-convertible-3O visual do modelo traz detalhes que remetem à série especial e conferem um toque de exclusividade ao esportivo, como a inscrição 30 Jahre Edition (Edição 30 anos, em alemão) impressa nas soleiras das portas e no encosto de cabeça, além do respectivo número da série de 0 a 300.

P90293991_highRes_bmw-m4-convertible-3

P90293981_highRes_bmw-m4-convertible-3O esportivo está disponível em duas cores: azul metálico, que remete ao primeiro modelo de três décadas atrás, e um novo amarelo, que remete ao amarelo disponível na segunda geração do M3 conversível.

A cabine revestida em couro dialoga com a carroceria — na carroceria azul, há as opções de revestimento azul e preto ou prata e preto.

P90293980_highRes_bmw-m4-convertible-3

P90293976_highRes_bmw-m4-convertible-3Já na carroceria amarela, o interior é preto e as costuras são, também, em amarelo.

P90293982_highRes_bmw-m4-convertible-3As rodas de 20 polegadas, por sua vez, trazem pintura escurecida e desenho exclusivo.

P90293979_highRes_bmw-m4-convertible-3

Fotos: BMW Group / Divulgação

FCA convoca proprietários da RAM 2500

Da Redação

Dodge RAM 2500 Laramie

A FCA (Fiat Chrysler Automóveis Brasil) informa aos proprietários dos veículos Ram 2500, ano/modelo 2010, 2012, 2014, 2016, 2017 e 2018, sobre a possibilidade de a alavanca da transmissão automática mover-se da posição P (park), ou qualquer outra posição, sem a chave na ignição e/ou o pedal do freio acionado.

A eventual movimentação inadvertida da alavanca da transmissão automática aumenta  a possibilidade de deslocamento inesperado do veículo, podendo resultar em eventuais danos físicos e materiais ao motorista, aos passageiros e a terceiros.

À medida que a solução definitiva estiver disponível para cada um dos anos/modelos envolvidos, os proprietários dos veículos serão convocados, mediante o envio de carta para agendarem, gratuitamente, o reparo em uma das concessionárias da rede Ram.

Tão logo a solução esteja disponível para todos os veículos envolvidos, a FCA fará nova convocação na mídia.

No total são 3.527 veículos envolvidos na campanha. Os números de chassis, não sequenciais (seis últimos dígitos) são: 100189 a 586430.

Para consultar os números dos chassis envolvidos e/ou obter mais informações, o cliente pode acessar o site www.ram.com.br ou contatar a Central dos Serviços ao Cliente Ram pelo telefone: 0800 702 7150.

Dodge RAM 2500 Laramie

Fotos: Fábio Aro / Bufalos / FCA

Volvo XC60 é belo e muito tecnológico

José Oswaldo Costa   (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 23/02/2018)

Além disso, o utilitário sueco oferece diversos sistemas de segurança e muito conforto à bordo

GEDSC DIGITAL CAMERAA segunda geração do Volvo XC60, utilitário da marca sueca mais vendido no mundo, foi lançada no Brasil em agosto do ano passado. Interessante destacar que, também por aqui, é o modelo da Volvo mais emplacado.

Do mês de lançamento até o fim de 2017, foram vendidas 1.081 unidades, algo em torno de 216 unidades/mês. Este ano, foram comercializadas 316 unidades até o último dia 20. Os números foram apurados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

O XC60 é um modelo muito bonito. O design dessa geração é herança do irmão mais velho, o XC90. Nesse quesito, não seria exagero chamá-lo de “mini XC90”.

GEDSC DIGITAL CAMERANa dianteira, chama atenção o capô longo, a enorme grade com o tradicional símbolo da marca e os faróis afinados que contam com a luz de rodagem diurna (DRL – Daytime Running Light) em LED e com formato de T. Os faróis de neblina, nas extremidades do spoiler dianteiro, também são de LED.

Aliás, o grupo ótico é um destaque. Denominado pela marca com Volvo Full LED System, incorpora quatro funções: Automatic Bending Lights (ABL) – faróis autodirecionais que acompanham o giro do volante para melhorar a iluminação nas curvas. A inclinação do facho do farol pode chegar a até 30º; Active High Beam (AHB) – os faróis possuem um sistema automático que adapta a luz alta para evitar o ofuscamento dos carros que vêm em sentido contrário ou que estejam à frente no mesmo sentido e nivelamento automático – o facho do farol mantém automaticamente a posição adequada, de acordo com o número de ocupantes e o carregamento do veículo. A quarta função é o já mencionado DRL.

GEDSC DIGITAL CAMERANa traseira, as lanternas mantêm o desenho tradicional da Volvo. Mas, agora, invadem a tampa do porta-malas. Essa mudança estética deu a sensação de que a parte da tampa com o nome da montadora “flutua” em relação ao restante. Muito bonito. Não menos bonito, e esportivo, são as duas saídas do escapamento em cada extremidade do para-choque.

Na lateral, destaque para as belas rodas de liga leve de 20 polegadas e o acabamento cromado na base das portas.

GEDSC DIGITAL CAMERADC Auto recebeu uma unidade do XC60 para avaliação, na versão intermediária Inscription. Além dela, a Volvo oferece as versões Momentum (entrada) e R-Design (topo).

E tivemos a oportunidade de rodar bastante com o SUV, pouco mais de 1.000 km de estrada pelo interior de Minas Gerais.

O utilitário esportivo mostrou todos os seus predicados nesse período. Em primeiro lugar, um interior com acabamento primoroso. Os ocupantes ficam muito bem acomodados nos bancos forrados em couro, sendo os dianteiros com regulagem elétrica.

GEDSC DIGITAL CAMERAForam utilizados no acabamento diversos materiais como madeira, metais genuínos e detalhes esculpidos. O painel é simples e elegante. Conta, “apenas”, com a central multimídia em formato de tablet (com tela antirreflexo sensível ao toque de 9 polegadas) e com o quadro de instrumentos totalmente digital e personalizável (12,3 polegadas de tamanho).

GEDSC DIGITAL CAMERA

GEDSC DIGITAL CAMERAO sistema multimídia concentra, praticamente, todas as funções do SUV, como ar-condicionado, GPS, sistema de som e telefonia, entre outros.  O sistema Drive Mode, que altera os modos de condução, é acionado no console central – próximo ao câmbio – e também tem suas funções mostradas nessa tela.

São elas: Eco – privilegia economia de combustível; Confort – prioriza suavidade nas reações do veículo; Off-road – para transitar em estradas de terra; Dynamic – para uma condução mais esportiva e Individual – customiza a configuração.

Motor 2.0 turbo, de 254 cv, apresenta ótimo desempenho

Com os ajustes do Drive Mode, somados ao conjunto da suspensão que privilegia uma tocada mais esportiva (firme) sem prejudicar o conforto dos ocupantes, dirigir o XC60 é um grande prazer.

Apesar de suas grandes dimensões (ver Ficha Técnica), o veículo apresenta uma dirigibilidade segura e sem sustos. Com o auxílio do sistema de tração integral AWD (All Wheel Drive), aparenta estar rodando sempre sobre trilhos, mesmo em curvas mais fechadas.

A sensação é de que nada é capaz de tirá-lo da faixa de rodagem. Falando nisso, ele conta com o sistema de alerta de mudança de faixa. É muito interessante. Ao se fazer uma ultrapassagem, por exemplo, se o condutor não acionar a seta, perceberá, nitidamente, certa “resistência” no volante para realizar a manobra, além de uma pequena vibração.

GEDSC DIGITAL CAMERASe a seta for ligada, o volante permanece leve, graças à direção eletricamente assistida e progressiva. Qualquer pequena invasão da faixa à esquerda (em pista simples ou dupla) é suficiente para acionar o sistema. Realmente útil e aumenta bastante a segurança.

Segurança – Nesse quesito, o XC60 é equipado, ainda, com sistema de proteção em saída de estrada, sistemas de proteção contra impactos laterais e lesões na coluna cervical, alerta de colisão frontal, sistema de monitoramento de pressão dos pneus, alerta de colisão traseira, sistema de alerta de ponto cego (BLIS) e controle de cruzeiro adaptativo (ACC) com assistente de direção semiautônoma (Pilot Assist) de até 130 km/h.

Motor e câmbio – Outro ponto alto da unidade avaliada foi o powertrain. Ela era equipada com um motor 2.0 turbo capaz de render 254 cv e 35,6 kgfm de torque. Trabalhando em conjunto, transmissão automática de 8 marchas.

GEDSC DIGITAL CAMERAO XC60 é bastante ágil e apresenta vigoras retomadas. Na estrada, como foi a maior parte da nossa utilização, transmite bastante confiança para a realização de ultrapassagens, com o motor sempre correspondendo com rapidez ao toque no pedal do acelerador.

Como a perfeição é muito difícil de ser alcançada, a Volvo ficou devendo ao não equipar o modelo com paddle shifts (“borboletas”) atrás do volante para trocas manuais. Essas somente podem ser feitas através da própria manopla do câmbio.

Na tabela da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), o preço do Volvo XC60 T5 Inscription 2.0 AWD é R$ 257,33 mil.

GEDSC DIGITAL CAMERA

 

GEDSC DIGITAL CAMERA

Fotos: José Oswaldo Costa

Ficha Técnica:

✔ Velocidade máxima — 220 km/h

✔ 0 a 100 km/h — 6,8 segundos

✔ Potência — 254 cv

✔ Consumo médio — 8,5 km/l (cidade) e 10,1 km/l (estrada)

✔ Distância entre eixos — 2,87 metros

✔ Comprimento — 4,67 metros

✔ Largura — 1,90 metro

✔ Altura — 1,66 metro

✔ Capacidade do porta-malas — 505 litros

✔ Capacidade do tanque — 60 litros

✔ Pneus e Rodas — 255/45 R20 / Liga leve de 20 polegadas

Fiat revela os preços do Cronos

José Oswaldo Costa*

do Rio de Janeiro / RJ

A Fiat revelou os preços do seu novo sedan-compacto, o Cronos. DC Auto publicou os detalhes sobre o modelo aqui no blog, quando o conhecemos em primeira mão, na planta da montadora em Betim (MG).

Cronos 1.8 Precision (automático 6 marchas)

IMG_2719

Foto: José Oswaldo Costa

Fiat_Cronos_Precision_AT6_AMB (14)

Fiat_Cronos_Precision_AT6_EST (24)

Fotos: Marcos Camargo / FCA / Divulgação

Cronos 1.8 Precision (manual 5 marchas)

IMG_2720

Foto: José Oswaldo Costa

Fiat_Cronos_Precision_MT_AMB (9)

Fiat_Cronos_Precision_MT_EST (12)

Fotos: Marcos Camargo / FCA / Divulgação

Cronos 1.3 Drive (GSR – automatizado 5 marchas)

IMG_2722

Foto: José Oswaldo Costa

Fiat_Cronos_Drive_GSR_AMB (5)

Fiat_Cronos_Drive_GSR_EST (16)

Fotos: Marcos Camargo / FCA / Divulgação

Cronos 1.3 Drive (manual 5 marchas)

IMG_2723

Foto: José Oswaldo Costa

Fiat_Cronos_Drive_MT_AMB (5)

 

Fiat_Cronos_Drive_MT_EST (1)

Fotos: Marcos Camargo / FCA / Divulgação

Na apresentação, a montadora italiana surpreendeu ao anunciar um versão básica de entrada, até então, desconhecida. Tanto que sequer consta foto dela no material entregue à imprensa.

Cronos 1.3 (manual 5 marchas)

IMG_2724

Foto: José Oswaldo Costa

*o jornalista viajou a convite da Fiat Chrysler Automobiles (FCA)

 

 

 

Conceição do Mato Dentro (MG) entra no mapa do Rally

Da Redação

330209_763275_photoaction_2

Foto: Nelson Santos Júnior / Photo Action

A cidade de Conceição do Mato Dentro (MG) entrou no mapa dos campeonatos Brasileiros de Rally Cross Country e Rally Baja. Com forte apelo turístico, receberá o Rally Minas Brasil entre os dias 09 e 11 de março e, quem visitar o município, certamente aproveitará muito além da competição.

As inscrições já estão abertas. Por meio do site www.rallymakers.com.br, pilotos e navegadores podem se inscrever e garantir um lugar nesse grid, que terá as categorias motos, quadriciclos, UTVs e carros. Uma das novidades é que a disputa também valerá pela etapa de abertura do Campeonato Mineiro de Rali.

330884_765432_314_01_donicastilho_4763

Foto: Doni Castilho / DFOTOS

O parque de apoio será montado no aeroporto de Conceição do Mato Dentro, que está situado na área urbana. Isso facilitará o acesso da população ao evento para que tenham contato com o esporte, bem como dos participantes, com os serviços essenciais, a exemplo de postos de combustível, lava-jatos, oficinas, restaurantes e hotéis.

“O Rally Minas Brasil será um espetáculo, tanto na parte técnica que envolve a disputa, como nos atrativos turísticos que a cidade dispõe e pela receptividade dos moradores. A Prefeitura está totalmente engajada com essa realização e temos recebido todo o suporte necessário para fazer uma etapa digna de início de campeonato. A intenção é deixar Conceição do Mato Dentro registrada na vida dos off-roaders e seus familiares”, declarou o CEO da Rallymakers, Fernando Bentivoglio.

330209_763277_dsc_3894

Foto: Doni Castilho / DFOTOS

A ordem de largada será definida em um prólogo de aproximadamente 5 quilômetros, praticamente dentro da cidade, por isso, a expectativa é de grande público prestigiando os pilotos.

Serão dois dias de disputas em um percurso de 150 quilômetros – totalizando 300 quilômetros de trecho cronometrado. O roteiro montanhoso oferecerá todas as variáveis que este tipo de relevo pode proporcionar: trial, pedras, muitas curvas, subidas e descidas íngremes, lugares planos e amplos de beleza indescritível.

E vale a dica: para quem for participar ou prestigiar o Rally Minas Brasil, leve os familiares e amigos. A região é detentora de uma natureza exuberante, com diversos passeios a disposição dos turistas.

DCIM100MEDIADJI_0512.JPG

Foto: Sanderson Pereira / Photo-S Imagens

Conceição do Mato Dentro: a cidade é um verdadeiro paraíso ecológico. É considerada a capital mineira do ecoturismo, sendo a sua principal atração a Cachoeira do Tabuleiro – eleita pelo Guia 4 Rodas como a mais bonita do Brasil. O competidor do Rally Minas Brasil deve aproveitar a oportunidade e conhecer também a Cachoeira Rabo de Cavalo, Cachoeira de São Miguel, Poço Pari, Poço Piraquara, entre tantos outros pontos para o turismo.

BMW M4 CS chega ao Brasil por R$663,95 mil

Da Redação

P90251026_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04O novo BMW M4 CS acaba de desembarcar no Brasil. O modelo é equipado com um motor de seis cilindros em linha, de 2.979 cm³ e 24 válvulas, capaz de entregar 460 cv e 600 Nm de torque máximo.

O mais potente BMW Série 4 homologado para rodar nas ruas chega ao mercado nacional, como edição limitada em seis unidades, com preço público sugerido de R$663,95 mil.

Produzido na fábrica da BMW de Munique, na Alemanha, o novo BMW M4 CS marca a introdução de uma nova nomenclatura para os modelos BMW M. Ele preenche o espaço entre o BMW M4 Coupé e o M4 GTS, versão desenvolvida para o uso em circuitos fechados.

O motor de alta performance teve sua potência elevada para 460 cv, o que significa 29 cv a mais que o motor do BMW M4 convencional. Graças à tecnologia M TwinPower Turbo, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3,9 segundos, segundo a montadora.

P90251068_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04A velocidade máxima do coupé, equipado de série com o pacote M Driver, é de 280 km/h, limitados eletronicamente. O motor de seis cilindros em linha conta com dois turbocompressores mono-scroll e intercooler.

O sistema apresenta, ainda, injeção direta de gasolina, sistema de controle variável nas válvulas e controle variável do comando de válvulas.

O BMW M4 CS vem equipado com transmissão de dupla embreagem M DKG, de sete marchas e sistema Drivelogic. Este câmbio é refrigerado a óleo e permite engatar as marchas automaticamente ou, se preferir, trocá-las manualmente por meio das hastes posicionadas atrás do volante.

A suspensão é extremamente leve, com componentes feitos de alumínio forjado nos eixos dianteiro e traseiro. Isso contribui para a estabilidade do veículo além de beneficiar sua dirigibilidade.

P90251039_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04O M4 CS é equipado de série com a suspensão Adaptive M, cuja geometria foi ajustada para oferecer um desempenho aprimorado tanto nas ruas quanto nas pistas.

Prova disso é que o coupé foi desenvolvido e lapidado na pista de teste mais exigente de todas quando o assunto é carros esportivos de alta desempenho: a lendária Nürburgring Nordschleife.

Seu tempo percorrido no entorno do anel, de 7min38s, insere o CS no território dos carros superesportivos, informou a BMW.

O condutor tem a opção de ajustar as configurações da direção e suspensão às suas preferências pessoais ou às demandas da rota em questão. Para isso, ele pode selecionar um dos três modos de condução (Comfort, Sport e Sport+) com o toque de um botão.

P90251025_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04Embora o modo Comfort seja particularmente adequado às condições de estrada precárias, a condução urbana e viagens curtas, o Sport é ideal para os motoristas interessados em acelerar por trajetos rústicos.

E para aqueles que preferem pisar fundo em circuitos fechados, o modo Sport+ abrirá caminho para tempos de volta cada vez mais rápidos. O Sport+ gerencia todos os sistemas relevantes para oferecer a melhor dinâmica possível.

As rodas são de liga leve, de 19 e 20 polegadas, dianteiras e traseiras, respectivamente. De série, são calçadas por pneus Michelin Pilot Sport Cup 2.

O interior do novo BMW M4 estabelece um ambiente esportivo. Os assentos esportivos M são revestidos com Alcantara e couro, incluindo a forração da guarnição interna das portas feitas de fibras naturais prensadas, com alças de lona no lugar dos puxadores convencionais.

P90251058_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04

P90251064_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04

P90251062_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04A tampa do motor e o teto são feitos a partir de materiais leves, extremamente rígidos e de alta tecnologia de composto de fibra de carbono com plástico reforçado (CFRP).

O condutor do M4 CS não terá de renunciar a uma série de comodidades entre elas, ar condicionado, sistema de som BMW Hifi Professional especificamente adaptado às peculiaridades acústicas do modelo e navegador GPS.

Exterior – A assinatura visual é caracterizada por uma frente proeminente, adornada por faróis de LED duplos de última geração, spoiler dianteiro com grandes entradas de ar e dividido em três seções.

P90251051_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04Estas aberturas servem para refrigerar o motor de alto desempenho com um amplo suprimento de ar e os freios de compostos de cerâmica e carbono, equipados com pinças de quatro pistões, na frente, e dois pistões, na traseira.

P90251057_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04O novo defletor de ar frontal, específico para o modelo, é feito de fibra de carbono. Juntamente com o difusor traseiro, além do aerofólio montado sobre a tampa do porta-malas, formam um conjunto capaz de reduzir ao máximo as forças aerodinâmicas ascendentes. As luzes posteriores agregam tecnologia inovadora OLED e foram concebidas pela BMW M para os modelos M4 CS e M4 GTS.

P90251055_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04

P90251053_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04

P90251022_highRes_the-new-bmw-m4-cs-04

Fotos: BMW Group / Divulgação