Chevrolet Onix é reprovado em teste de colisão

Da Redação (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 12/05/2017)

Vei3O Programa de Avaliação de Carros novos para América Latina e o Caribe, Latin NCAP publicou, ontem, o resultado do Chevrolet Onix conforme novo protocolo de avaliação de 2016. O Onix, carro de maior venda no Brasil, conseguiu um resultado decepcionante de zero estrela em relação à proteção do passageiro adulto e três estrelas quanto à proteção do passageiro criança.

O Latin NCAP incluiu, desde 2016, um teste de impacto lateral como parte de seus protocolos, começando a testar alguns dos modelos mais vendidos que, desde 2014, já eram avaliados no impacto frontal.

Por enquanto, o Latin NCAP vem realizando o teste de impacto lateral no Fiat Palio, no Peugeot 208e, agora, no Chevrolet Onix. No teste, o Latin NCAP analisou os dados dos dummies (bonecos de teste) para os três modelos. O Onix foi o único que registrou valores que ultrapassam os limites biomecânicos permitidos para o peito no teste de colisão.

A respeito da segurança estrutural dos três modelos, o Fiat Palio tem o melhor desempenho estrutural em colisão lateral, seguido do Peugeot 208, que não conta com barras laterais nas portas.. Ambos tinham mostrado um melhor desempenho com airbags laterais.

Vei4

Vei5

Fotos: Latin NCAP / Divulgação

Contudo, no caso do Onix, o desempenho estrutural no impacto lateral mostrou um grande deslocamento (penetração) do pilar B, dentro do compartimento do passageiro, significativamente maior que nos outros dois veículos.

Provavelmente, devido a seu pobre desempenho estrutural, a situação não mudaria nem mesmo incluindo airbags laterais. Ainda mais, a porta traseira do Onix se abriu no teste. A abertura da porta significa um alto risco para crianças, bem como o fato de o modelo não ter cumprido com a regulação de proteção contra impacto lateral básica das Nações Unidas (UN95).

O secretário-geral do Latin NCAP, Alejandro Furas, comentou: “O Latin NCAP está muito decepcionado com o resultado do Onix. A General Motors estabelece que o Onix é baseado numa plataforma global. No entanto, a versão avaliada pelo Latin NCAP não seria aprovada pela regulação da ONU (UN95), nem pela Norma Federal de Segurança Veicular dos EE.UU. (FMVSS214) aplicadas na Europa e nos Estados Unidos respectivamente. Por que deveria se permitir à GM oferecer na América Latina esse carro com padrões inferiores aos exigidos? Isso mostra claramente o motivo pelo qual é solicitado, de forma urgente, parar com este inaceitável duplo padrão”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s