Nove dicas para uma viagem segura

Da Redação

A preferência dos brasileiros por viagens de carro cresceu em 2016. Segundo uma pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo, o número de turistas que pretendem viajar com automóveis até dezembro aumentou de 23,6%, em 2015, para 27,3%.

Com o objetivo de reduzir acidentes e colaborar para a melhoria do trânsito durante as festas de fim de ano e férias de verão, a Arval Brasil, empresa especializada em locação de longa duração de frotas leves e subsidiária do grupo BNP Paribas, preparou 9 dicas básicas que podem evitar problemas e acidentes durante as viagens.

Para Nuno Silva, General Manager da Arval Brasil, é necessário que a população adote a cultura de prevenção e segurança no trânsito.

“Neste período de festas e férias, aumenta o fluxo de veículos nas estradas em todo o Brasil e, consequentemente, o número de acidentes. Apesar da falha humana ser o principal causador de acidentes, a falha mecânica também acarreta em muitas ocorrências’, explica o executivo.

É muito importante que os condutores chequem constantemente as condições de seus veículos, além de ficarem atentos às informações do manual do proprietário e aos indicadores do painel”, ressalta Nuno.

Confira abaixo as nove dicas de prevenção da Arval:

1 – Cansaço: evite dirigir com a sensação de olhos pesados e bocejos constantes. Isso pode causar falta de concentração. Se a viagem for longa, faça pequenas paradas para um café ou suco pelo menos a cada 90 minutos;

2 – Respeito à sinalização: a sinalização está presente para garantir a segurança de quem dirige e dos pedestres. Respeite-a;

3 – Pneus: verifique o estado dos pneus antes de viajar. É recomendável calibrá-los sempre a cada 15 dias. Além disso, o alinhamento e balanceamento devem ser realizados de acordo com o manual do carro ou quando sentir que o volante está “puxando” ou “trepidando”. Para verificar o estado geral dos pneus da frente, esterce o volante para um dos lados primeiro. Desta forma você terá a visão total da banda de rodagem;

4 – Óleo do motor: cheque o nível do óleo e confira a hora de fazer a troca pela quilometragem do veículo. Use sempre a especificação recomendada pelo fabricante;

5 Excesso de velocidade: a velocidade segura para trafegar está associada à capacidade de frear caso algo inesperado esteja no caminho do condutor; você ganhará no máximo alguns minutos e muito provavelmente causará desconforto aos demais passageiros do veículo;

6 – Uso de celular: aumenta em até 400% o risco de acidentes no trânsito;

7 – Ingestão de álcool: causa reações mais lentas do que o normal e a falta de noção quanto à velocidade;

8 – Freios: é necessário verificar desgastes de discos e pastilhas de freio, possíveis vazamentos e o nível do fluido de freio, que deve ser trocado, em média, a cada 24 meses;

9 – Palhetas do parabrisa: cheque se estão com ruído ou trepidação. Neste caso, é recomendável trocá-las. Ao pegar a estrada com chuva, a visibilidade proporcionada por palhetas que funcionam é fundamental para a segurança na viagem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s