Suécia inaugura a primeira rodovia elétrica do mundo

Da Redação

O dia 22 de junho marcou a abertura da primeira rodovia elétrica do mundo na Suécia. A Ministra da Infraestrutura do país, Anna Johansson e o Ministro da Energia, Ibrahim Baylan, inauguraram o primeiro sistema de rodovia elétrica em uma estrada pública. Pelos próximos dois anos, um sistema de catenária da Siemens para caminhões será testado em um trecho de dois quilômetros da rodovia E16 ao norte de Estocolmo. O ensaio utilizará dois veículos híbridos a diesel fabricados pela Scania e adaptados, em colaboração com a Siemens, para operar sob o sistema de catenária.

Siemens und Scania forschen gemeinsam am elektrifizierten Straßengüterverkehr / Siemens and Scania are conducting joint research into the electrification of road freight traffic

“O sistema de Rodovia elétrica da Siemens tem o dobro da eficiência dos motores de combustão interna convencionais. A inovação da Siemens alimenta os caminhões com energia a partir de uma catenária. Isto significa não apenas que o consumo de energia é reduzido pela metade, mas que a poluição do ar local também é reduzida”, diz Roland Edel, engenheiro chefe da divisão de mobilidade da Siemens.

Lkw mit Hybridantriebstechnik für den Einsatz auf elektrifizier

 O transporte é responsável por mais de um terço das emissões de CO2 da Suécia, com quase metade disso sendo originado pelo transporte de mercadorias. Como parte de sua estratégia de proteção do clima, a Suécia comprometeu-se a ter um setor de transporte independente de combustíveis fósseis até 2030. Devido ao crescimento esperado no transporte de carga, o transporte rodoviário de mercadorias tende a crescer da mesma forma que a capacidade ferroviária aumenta. É necessário, portanto, encontrar uma solução para transporte rodoviário de mercadorias livre de gás carbônico.

Durante o teste de dois anos, a Trafikverket, Administração de Transportes da Suécia e o Condado de Gävleborg querem criar uma base de conhecimentos para saber se o sistema de Rodovia elétrica da Siemens é adequado para futuro uso comercial de longo prazo e implantação adicional. “De longe a maior parte das mercadorias transportadas na Suécia passa pelas rodovias, mas apenas uma parte limitada das mercadorias pode ser transferida para outros tipos de modal. É por isso que temos de libertar os caminhões de sua dependência de combustíveis fósseis, para que eles também possam ser utilizados no futuro. Rodovias elétricas oferecem essa possibilidade e são um excelente complemento para o sistema de transporte”, diz Anders Berndtsson, estrategista-chefe da Administração de Transportes da Suécia.

O núcleo do sistema é um pantógrafo inteligente combinado com um sistema de acionamento híbrido. Um sistema de sensores permite que o pantógrafo seja conectado e desconectado da catenária a velocidades de até 90 km por hora. Caminhões equipados com o sistema são alimentados pela fiação de catenárias aéreas à medida que se movimentam, permitindo sua viagem eficiente e sem emissões locais. Graças ao sistema híbrido, também são possíveis operações fora da linha de contato, mantendo assim a flexibilidade dos caminhões convencionais. A tecnologia da Rodovia elétrica apresenta uma configuração aberta. Como resultado, soluções de baterias ou gás natural, por exemplo, podem ser implementadas como uma alternativa para o sistema de acionamento híbrido a diesel usado na Suécia. Isso permite que o sistema seja adaptado com flexibilidade para a aplicação específica.

Intelligenter Stromabnehmer ermöglicht volle Flexibilität des

No momento, a Siemens está desenvolvendo outro projeto de demonstração de Rodovia elétrica na Califórnia. Este projeto está sendo realizado em colaboração com a montadora Volvo em nome do Distrito de Controle de Qualidade da Costa Sul (SCAQMD). Os testes serão realizados ao longo de 2017 para ver como diferentes configurações de caminhões interagem com a infraestrutura Rodovia elétrica nas proximidades dos portos de Los Angeles e Long Beach.

Siemens und Scania forschen gemeinsam am elektrifizierten Straßengüterverkehr / Siemens and Scania are conducting joint research into the electrification of road freight traffic
Fotos e Imagens: Divulgação / Scania CV AB

Ford lança New Fiesta com motor 1.0 Turbo

José Oswaldo Costa

de Campinas / SP

New Fiesta - Azul - Branco - Prata (1)A Ford está apresentando, para a imprensa especializada, seu compacto premium agora equipado com motor 1.0 turbo de 125cv e 17,3 kgfm de torque, da moderna família Ecoboost.

1.0-liter EcoBoost EngineA motorização está disponível somente na versão topo de linha Titanium Plus e utiliza transmissão automatizada (Powershift). Não há opção por câmbio manual.

Com a chegada do motor 1.o turbo, o 1.5 sai de linha. Além dele, a outra opção de motorização para a linha 2017 é a 1.6.

New Fiesta - Azul - Branco - Prata (4)

Fotos: Divulgação / Ford

Preços e versões da linha 2017 do Ford New Fiesta:

SE 1.6 – manual: R$51,99 mil

SEL 1.6 – manual: R$58,79 mil

SEL 1.6 – automatizado: R$64,99 mil

Titanium Plus 1.6 – automatizado: R$70,69 mil

Titanium Plus 1.0 Turbo – automatizado: R$71,99 mil

Veja a matéria completa no Diário do Comércio da próxima sexta-feira (01/07).

*o colaborador viaja a convite da Ford

 

Honda lança a linha 2016 da família 500

José Oswaldo Costa* (Matéria publicada no Diário do Comércio – Edição: 24/06/16)

honda 500A Honda apresentou, nessa semana, as novidades da família 500. A linha 2016 dessas motocicletas chega à rede de concessionárias da marca, com visual mais agressivo e moderno, no mês de julho. Ela é composta pela naked CB 500F, pela esportiva CBR 500R e pela crossover CB 500X.

Todas elas compartilham a mesma base mecânica e utilizam chassi do tipo Diamond Frame. Ele é produzido em tubos de aço, é leve e robusto, e oferece boa elasticidade. A suspensão dianteira apresenta grafo telescópico ajustável e, a traseira (Pro-Link), ganhou novo ajuste. As rodas de 17 polegadas são de liga leve e utilizam pneus 120/70-ZR17M/C (dianteira) e 160/60-ZR17M/C (traseira), da marca Dunlop.

O conjunto de freios conta com discos: 320mm na dianteira e 240mm na traseira. Todas elas trazem sistema ABS, sendo que a CB 500F tem uma versão (mais barata) que não conta com esse sistema. O motor é bicilíndrico de quatro tempos e 471 cm³. Ele possui duplo comando de válvulas no cabeçote, quatro válvulas por cilindro e arrefecimento líquido, desenvolvendo a potência máxima de 50,4 cv a 8.500 rpm. O torque máximo é de 4,55 kgfm a 7.000 rpm.

Novidades –  Os três modelos receberam novas carenagens. Além disso, faróis e lanternas passam a ser em LED. O manete de freio foi dimensionado, ganhando melhor empunhadura e visual mais esportivo. Ele também é ajustável.

O assento do piloto recebeu novo recorte que proporciona melhor ajuste do corpo. As alças do garupa passam a ser embutidas na carenagem. Na CB 500X foi adotado um para-brisa mais alto com até duas possibilidades de montagem. As três motocicletas apresentam painel de instrumentos digital que inclui velocímetro, conta-giros por gráfico de barras, relógio, hodômetro (parcial e total), consumo de combustível (instantâneo e médio), além de indicadores de diagnóstico do motor.

Todas elas trazem tanque de combustível redimensionado. Para os modelos CB 500F e CBR 500R, o aumento da capacidade foi de cerda de 1 litro (total de 16,7 litros). Já para a CB 500X, o aumento foi de 0,4 litro (total de 17,7 litros).

A seguir, os preços sugeridos pela Honda para a família 500, linha 2016:

Honda CB 500F – R$26 mil (versão STD) e R$28 mil (versão ABS)

honda 500 3

Honda CBR 500R – R$29 mil (versão ABS)

honda 500 2

Honda CB 500X – R$29,90 mil (versão ABS)

honda 500 4

Fotos: Divulgação / Honda

*Colaborador

Kia apresenta a 4ª geração do Sportage

Da Redação

sportageA 4ª geração do Kia Sportage acaba de chegar ao mercado brasileiro com vários itens de conforto e segurança. Ele também se destaca pelo design inteiramente renovado que posiciona o novo modelo com mais sofisticação, esportividade e dinamismo.

As projeções da Kia Motors Corporation, para o novo Sportage, são otimistas. Enquanto a marca sul-coreana comercializou 554 mil unidades da 1ª geração (de 1996 a 2002), 842 mil unidades da 2ª geração (2004-2009) e da 3ª geração, pouco mais de 1,6 milhão de veículos (entre 2009 e 2015), a montadora espera ultrapassar a marca de 3 milhões de unidades com a 4ª geração, no período médio de 5 anos.

Certamente, o novo Sportage será mais um sucesso da Kia Motors pelo mundo. No Brasil, a partir da 3ª geração, o Sportage sempre foi nosso carro-chefe”, elucidou José Luiz Gandini, presidente da Kia Motors do Brasil. “Pela boa receptividade da 4ª geração, na fase de pré-venda, estou seguro de que será por muito tempo o nosso principal produto. Devemos comercializar cerca de 400 unidades por mês. Infelizmente ainda estamos limitados à cota máxima de 4.800 unidades/ano, sem os 30 pontos percentuais no IPI, o que nos dificulta aumentar os volumes”, argumentou.

Quatro pilares sustentam a aposta da Kia Motors no novo posicionamento do Sportage entre os modelos Premium da categoria SUV compacto, a começar pelas tendências em design, mais qualidade em segurança veicular, novos opcionais – controle de assistência em aclives, faróis de neblina em LED, detector de ponto cego, assistente de tráfego, seletor de modo de condução, entre outros – e substanciais alterações em suas dimensões estruturais.

O Sportage ganhou mais 40 mm no comprimento (4.480 mm), mais 30 mm na altura (1.655 mm), 30 mm (2.670 mm) na distância entre-eixos e manteve a largura de 1.855 mm, ante as medidas do modelo anterior. Com isso, além de proporcionar mais conforto a todos os ocupantes de veículo, o seu volume de porta-malas subiu de 740 litros para 868 litros. Com as novas medidas, o Sportage passou a ter CX (Coeficiente aerodinâmico) de 0.33, ante ao 0.35 do modelo anterior.

Na parte dianteira, 4ª geração do Sportage ganhou novo conjunto ótico, com luzes diurnas de navegação circulares em LED, luzes baixa e alta com lâmpadas halógenas e luz de setas. Quanto aos faróis de neblina dinâmicos, dois modelos distintos para as versões LX e EX. Enquanto a primeira recebe uma lâmpada halógena, a segunda versão ganhou quatro lâmpadas em LED. Na parte traseira, o Sportage 2017 ganhou lanternas mais sofisticadas e um spoiler com defletor lateral, que reduz a resistência do ar e, assim, melhora a eficiência de consumo de combustível. Ainda no conjunto ótico traseiro, na versão LX as lanternas são de lâmpadas halógenas e, na SX, lâmpadas em LED. A Kia Motors ampliou também os retrovisores externos.

sportage5Ainda na parte exterior do SUV compacto, o Sportage traz na versão de entrada rodas de liga leve de 17 polegadas e, na topo de linha, rodas de 19 polegadas, o que conferem mais esportividade ao veículo.

sportage2Conforto e conveniência – A 4ª geração do Sportage teve seu habitáculo completamente renovado, a começar pelo painel de instrumentos que privilegia o condutor do veículo. E, por conta do aumento da distância entre-eixos, prioriza o conforto de todos os passageiros. O banco do motorista, por exemplo, agora tem 10 posições de regulagens (no de passageiro, 8). No banco traseiro, também 8 posições de regulagem, de 23º a 39º.

Na versão LX, o Sportage traz de série itens como ar-condicionado manual; piloto automático; chave tipo canivete com travamento de porta e abertura das portas e do porta-malas à distância; console central com descansa-braço ampliado em 49 mm; porta-objetos e porta-copos;iluminação no porta-malas; rádio CD/MP3 player, Bluetooth com controle no volante, entrada auxiliar e USB; sistema de som com quatro alto-falantes e dois tweeters; sistema imobilizador de ignição; travamento elétrico central das portas e porta-malas; vidros elétricos nas quatro portas e câmera de ré.

Já na versão EX, o modelo conta com ar-condicionado digital com controle independente frontal Dual Zone; banco do motorista com ajuste elétrico+lombar e dez opções de variação; botão Start/Stop para partida do motor por reconhecimento da chave Smart Key; computador de bordo integrado a o conjunto de mostradores; piloto automático com controles no volante; paddle shift; revestimento de couro nos bancos, volante, alavanca de câmbio e painéis laterais das portas; spoiler traseiro; luz diurna de navegação com LED e outros. A versão topo de linha possui também teto solar elétrico duplo panorâmico ampliado em mais 20 cm².

sportage3

sportage4Fotos: Divulgação / Kia Motors

Motorização – O modelo está disponível com motorização 2.0 litros, DOHC, 16 válvulas com dual CVVT. Alimentado com etanol, o motor entrega 167cv de potência a 6.200 rpm e torque de 20,2 Kgfm a 4.700 rpm. Com gasolina, chega a 156 cv de potência a 6.200 rpm e torque de 18,8 Kgfm a 4.700 rpm.

No mercado brasileiro, o modelo pode ser encontrado em duas versões, todas com câmbio automático de seis velocidades com opção de trocas sequenciais e autoadaptativo. Foi mantida a direção elétrica progressiva.

A carroceria longa e a distância entre-eixos – respectivamente 4.480 e 2.670 mm – garantem que os ocupantes do Sportage desfrutem de uma cabine espaçosa. A capacidade volumétrica de carga varia de 868 litros com os bancos traseiros ocupados a 1.770 litros com os assentos traseiros rebatidos.

Segurança – O Sportage oferece aos clientes sistemas de segurança de última geração e equipamentos de série como acelerador eletrônico tipo Drive-by-Wire; acendimento automático dos faróis sensível à luminosidade; airbags frontais para motorista e passageiro dianteiro; barras de proteção contra impactos laterais nas quatro portas e zona de deformação programada; encostos de cabeça dianteiros ativos; freios a disco duplo ventilados na dianteira e sólidos na traseira com ABS e EBD; e sensores de aproximação no para-choque traseiro.

Na versão topo de linha, a EX,o Sportage traz ainda airbags laterais e de cortina, assistência na partida em subidas (HAC), assistente de tráfego (RCTA), controle eletrônico de estabilidade (ESC), controle de frenagem na descida (DBC), controle de tração (TCS), sistema de assistência à frenagem (BAS) e o detector de ponto cego (BSD).

Na 4ª geração do Sportage, porém, o avanço mais significativo em segurança veicular foi o aumento em 33 pontos percentuais na utilização de aço avançado de alta resistência na construção de sua carroceria, passando de 18% para 51% do total de aços empregados. Por conta dessas mudanças, o novo Sportage ganhou cinco estrelas no Euro NCAP, outras cinco estrelas no NHTSA – National Highway Traffic Safety Administration e pontuação máxima de segurança no IIHS – Insurance Institute for Highway Safety.

As duas versões do Sportage 2017 chegam ao mercado brasileiro com preços ao consumidor final de R$ 109,99 mil (LX) e R$ 134,99 mil (EX). O Sportage possui garantia de cinco anos ou 100 mil km.

Mercedes-Benz inicia venda de automóveis com isenção de impostos para Pessoas com Deficiência

Da Redação

20160627_729fa8538ad948b1881be1033feb807d_-mg-3800

Fotos: Divulgação / Mercedes-Benz / Malagrine

A Mercedes-Benz participou pela primeira vez do Mobility & Show, em São Paulo, que em sua segunda edição reuniu automóveis, serviços e outros produtos com foco na mobilidade de Pessoas com Deficiência (PcD) e seus familiares. Durante o evento a marca apresentou o Classe C nacional e todas as condições de venda com isenção de imposto para PcD’s, que a partir de agora está habilitada a operar de acordo com a Lei 8.989, de 24 de fevereiro de 1995.

Os visitantes puderam também participar de uma experiência de direção com dois automóveis Mercedes-Benz em uma pista adaptada, o Classe C e o segundo modelo a ser produzido na fábrica de Iracemápolis, o GLA. O SUV compacto, inclusive, será incluído na política de vendas para PcD a partir do segundo semestre, quando as primeiras unidades da versão nacional chegarem aos concessionários da marca.

As vendas de veículos Mercedes-Benz para Pessoas com Deficiência serão intermediadas pelos concessionários da marca espalhados pelo Brasil. Atualmente, os modelos oferecidos são C 180 ff (R$ 134.144,15), C 180 Avantgarde ff (R$ 146.756,76), C180 Exclusive ff (R$ 146.756,76), C 200 Avantgarde (R$ 160.088,50) e C 250 Sport (R$ 195.486,73).

Triumph anuncia pré-venda dos modelos Tiger Explorer XR e Tiger Explorer XCx no Brasil

Da Redação

A Triumph Motorcycles anuncia, a partir de hoje (23 de junho), o início da pré-venda dos modelos Tiger Explorer XR e Tiger Explorer XCx completamente remodelados. Montadas na fábrica de Manaus, as novas motocicletas tiveram seus preços definidos em R$ 58.500,00 (Tiger Explorer XR) e R$ 70.500,00 (Tiger Explorer XCx) e a previsão de chegada às concessionárias é no final de junho. Nos meses seguintes, o modelo top de linha será lançado no mercado nacional: a Tiger Explorer XCa.

my16_explorer_xca_rt_005

A nova linha foi apresentada ao público mundial, no ano passado, durante o Salão de Milão, na Itália. Modernizada, a família Tiger Explorer é a mais nova motocicleta adventure para pilotos que procuram por uma aventura emocionante e, ao mesmo tempo, segura e confortável.

Versão de entrada, a Tiger Explorer XR é equipada com um motor de 1.215 cc, com três cilindros alinhados, que desenvolvem 139 cv de potência e torque de 123 Nm. Para fazer um melhor uso desta potência, a nova Tiger Explorer possui embreagem hidráulica, com alavanca de redução de torque e assistente contra fadiga do piloto. O propulsor oferece um aumento de 5% na economia de combustível em relação à versão anterior. A Tiger Explorer XR traz, de fábrica, uma série de tecnologias de última geração com foco no piloto, como freios ABS, dois modos de pilotagem (estrada/chuva) e controle de tração

my16_tigerexplorer_xr_0001

Já o modelo Tiger Explorer XCx, mais sofisticado, além de todos estes recursos da XR, também conta com freios ABS e controle de tração otimizados para atuação durante as curvas, três modos de pilotagem estrada/chuva e mais o modo “off-road”, protetor de cárter de alumínio, protetor de radiador em aço inoxidável, barras de proteção do motor, rodas raiadas (são fundidas na XR), Suspensão Semi-Ativa Triumph (TSAS, ou Triumph Semi Active Suspension), computador de bordo avançado, piloto automático e manoplas aquecidas, entre outros itens.

my16_tigerexplorer_xcx__lucerne_blue-v001_4

Fotos: Divulgação / Triumph

Na versão XR, o modelo está disponível nas cores Cristal White e Jet Black. Já a Tiger Explorer XCx pode ser encontrada nas cores Cristal White e Lucerne Blue.