Nissan lança a linha 2017 do Sentra

Objetivo é se manter na terceira colocação de vendas entre os sedans-médios

José Oswaldo Costa* (Publicado no Diário do Comércio – Edição: 26/05/2016)

de São Paulo (SP)

A Nissan lançou a reestilização do sedan-médio Sentra. Na apresentação para a imprensa especializada, o vice-presidente de Vendas e Marketing, Ronaldo Znidarsis, deixou clara a visão que a montadora tem sobre o que pensa o público brasileiro a respeito da marca. De acordo com Znidarsis, falta notoriedade à Nissan, O consumidor brasileiro precisa conhecê-la melhor e, daí, surgiu a ideia de ser uma das marcas patrocinadoras das Olimpíadas do Rio de Janeiro 2016.

O primeiro passo foi a apresentação, ao público brasileiro e mundial, do novo SUV Kicks, que acompanha o revezamento da tocha olímpica. Outro passo diz respeito à consolidação do Sentra como o terceiro sedan.médio mais vendido do país, ficando atrás, somente, dos (até esse momento) imbatíveis Toyota Corolla e Honda Civic.

Para a Nissan, essa posição do Sentra significa muito, uma vez que o seu modelo está a frente de concorrentes que pertencem à montadoras que estão há muito mais tempo instaladas no Brasil, como a Ford, com o Focus, a General Motors, como o Cruze, e a Volkswagen, com o Jetta. É com o objetivo de ratificar essa posição que a montadora japonesa lançou a nova linha 2017.

Em 2015, o segmento dos sedans-médios encerrou o ano com o seguinte ranking: 1º – Toyota Corolla (67.339 unidades); 2º – Honda Civic (31.240 unidades); 3º – Nissan Sentra (12.529 unidades); 4º – Chevrolet Cruze (11.538 unidades) e 5º – Ford Focus (9.311 unidades). E os cinco primeiros meses de 2016 não mostraram alteração no quadro dos três líderes. Até a última terça-feira, o Corolla liderava com 25.144 unidades comercializadas, o Civic mantinha a segunda colocação com 6.766 unidades emplacadas e o Sentra permanecia em terceiro, com 3.654 unidades. Números da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave).

Hoje no Brasil, o segmento dos sedans-médios representa 7% das vendas totais de veículos. Mesmo com a quedas nas vendas dos novos e a chegada dos utilitários esportivos, que conquistaram muitos clientes dos sedans, esse percentual vem se mantendo estável desde 2014.

A primeira geração do Nissan Sentra foi lançada, nos Estados Unidos, em 1982. Hoje o modelo é vendido em mais de 50 países. Por aqui, o primeiro Sentra que recebemos pertencia à quinta geração e isso ocorreu em 2004. Em 2007 a montadora apresentou a sexta geração e, em 2013, a sétima.

Mudanças – A linha 2017 do sedan-médio apresenta uma dianteira totalmente modificada e está alinhada com a versão norte-americana dele. Tudo nela é novo: capô, faróis, grade do radiador e para-choque. O capô possui vincos que acompanham as linhas da parte cromada da grade. Isso deu uma aparência mais esportiva e moderna ao modelo.

As luzes diurnas de LED, que anteriormente estavam fixadas na base dos faróis, agora acompanham o contorno interno deles e, assim como o capô, as linhas da grade do radiador. O miolo dela deixa de ser cromado, passando a ser na cor preta.

Vei8 - Divulgação - Nissan

Na traseira as mudanças foram bem mais discretas. Basicamente, se resumem ao novo desenho do para-choques. As lanternas passaram por alteração bem sutil, quase imperceptível, ficando a parte translúcida (aonde estão alojadas as setas e a luz de ré) com tamanho bem reduzido em relação à versão anterior.

Vei9 - Divulgação - Nissan

No interior, destaque para o novo volante, com novo desenho, bem mais moderno, esportivo e funcional. O quadro de instrumentos passa a utilizar TFT (Thin Film Transfer), o que melhora muito a visualização. A versão topo de linha, SL, traz ainda um display de LCD 5 polegadas colorido e de alta resolução. Agora, todo o painel central, inclusive a parte aonde está localizada a alavanca de mudanças, recebeu acabamento em black piano, que traz mais requinte.

Outra novidade, também exclusiva da versão topo de linha, é o banco do motorista com ajustes elétricos.

Vei10 - Divulgação - Nissan

Vei11 - Divulgação - Nissan

Fotos: Divulgação / Nissan

Motorização e equipamentos – O Nissan Sentra continua utilizando o motor 2.0 16V, bicombustível, capaz de render 140 cv e torque de  20 kgfm a 4.800 rpm. A alteração mecânica fica por conta do câmbio. Na verdade, somente para a versão de entrada, a S. Agora, todas as três (S, SV e SL) são equipadas com a transmissão CVT de nova geração. Não há mais opção por câmbio manual na nova linha.

De acordo com a Nissan, essa nova transmissão “é 13% mais leve e produz 30% menos atritos na comparação com a geração anterior. A redução veio também da diminuição do diâmetro das polias, da adoção de uma bomba de óleo mais compacta, que necessita de baixa viscosidade para lubrificação, e da redução das perdas de lubrificante e de pressão”.

Todas as versões do Sentra passam a ser equipadas com os controles de estabilidade e tração. Os itens de série também passam a incorporar o retrovisor eletrocrômico, o sistema de som com display de 5 polegadas, o sistema start/stop para partida do carro (dispensa o uso da chave), o sensor de estacionamento traseiro e os faróis com sensor crepuscular.

A versão intermediária SV recebeu novas rodas em liga leve de 17 polegadas, câmera de ré, GPS e sistema multimídia com tela de 5,3 polegadas. Já a versão SL, além do já mencionado banco do motorista com regulagens elétricas, incluiu sistema de som da marca Bose (primeiro sedan fora da categoria Premium a contar com esse tipo de refinamento) com quatro alto-falantes, dois tweeters e dois subwoofers e quadro de instrumentos Fine Vision com TFT. As rodas tem design esportivo e o retrovisor interno traz bússola.

Outra novidade da versão mais cara é o pacote de segurança que a Nissan denominou de Safety Shield, e que inclui três sistemas: Alerta de Ponto Cego (Blind Spot WarningBSW), Alerta de Colisão Frontal (Forward Colision WarningFCW) e Alerta de Tráfego Cruzado Traseiro (Rear Cross Traffic Alert RCTA).

Os preços sugeridos pela Nissan para a linha 2017 do seu sedan-médio são os seguintes: Sentra S – R$79,99 mil; Sentra SV – R$84,99 mil e Sentra SL – R$95,99 mil. As vendas da nova linha iniciaram no último dia 20 de maio. De acordo com a diretoria da montadora, o mix de vendas deverá ficar da seguinte forma: S – 10%; SV – 70% e SL – 20%.

*o colaborador viajou a convite da Nissan Brasil

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s